quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Devoconal de 30/09/2008



Isaías 39
1

¶ Nesse tempo, Merodaque-Baladã, filho de Baladã, rei da Babilônia, enviou cartas e um presente a Ezequias, porque soube que estivera doente e já tinha convalescido.
2
Ezequias se agradou disso e mostrou aos mensageiros a casa do seu tesouro, a prata, o ouro, as especiarias, os óleos finos, todo o seu arsenal e tudo quanto se achava nos seus tesouros; nenhuma coisa houve, nem em sua casa, nem em todo o seu domínio, que Ezequias não lhes mostrasse.
3

Então, Isaías, o profeta, veio ao rei Ezequias e lhe disse: Que foi que aqueles homens disseram e donde vieram a ti? Respondeu Ezequias: De uma terra longínqua vieram a mim, da Babilônia.
4
Perguntou ele: Que viram em tua casa? Respondeu Ezequias: Viram tudo quanto há em minha casa; coisa nenhuma há nos meus tesouros que eu não lhes mostrasse.
5
¶ Então, disse Isaías a Ezequias: Ouve a palavra do SENHOR dos Exércitos:
6
Eis que virão dias em que tudo quanto houver em tua casa, com o que entesouraram teus pais até ao dia de hoje, será levado para a Babilônia; não ficará coisa alguma, disse o SENHOR.
7

Dos teus próprios filhos, que tu gerares, tomarão, para que sejam eunucos no palácio do rei da Babilônia.
8
Então, disse Ezequias a Isaías: Boa é a palavra do SENHOR que disseste. Pois pensava: Haverá paz e segurança em meus dias.



Obs: Não sejamos nós insenzatos nesses dias os nosso adversário é o mesmo, ele ruge como leão buscando a quem possa tragar, ele usa pessoas pra nos investigar e também para nos lezar,cuidado com quem você anda, com quem fala, o que fala.



Você tem um amigo eterno que nunca te deixa só, que está ao seu lado sempre que precisar, então antes de abrir a sua guarda e contar as suas riquezas fale com ele, tenho certeza de que como comigo Ele te orientará em quem confiar par abrir os seu Baú.



Amo vocês minhas queridas discípulas,são minhas riquezas e não as mostro a ninguém que eu tenha dúvidas de que joga no mesmo time.



Entendem o que eu quero ensinar com isso, se eu pudesse ser mais clara , mas vejo que para algumas a palavra serve de alerta, não abra seu coração a qualquer palavra amiga ou presente, seja uma pessoa controlada na língua, não vá por aí dizendo o que você tem ou é.

Pra. Patrícia G. Calheirana

Determinação escrita,de qualquer autoridade soberana,vontade de Deus


Salmo119 :
135 Faze resplandecer o rosto sobre a tua serva e ensina-me os teus decretos

( determinação escrita,de qualquer autoridade soberana;resolução;vontade deDeus)


136 Torrentes de água nascem dos meus olhos, porque os homens não guardam a tua lei (preceito que exprime a vontade de Deus, da divindade;).


137 Justo és, SENHOR, e retos, os teus juízos( acto ou capacidade intelectual de julgar;discernimento;).


138 Os teus testemunhos, tu os impuseste com retidão e com suma fidelidade.


139 O meu zelo me consome, porque os meus adversários se esquecem da tua palavra

(pessoas que lutam contra outro, aqui no caso contra o próprio Deus, pois se lutassem a favor não agiriam assim .Se, lembrassem não fariam tais coisas, pois saberiam que o dia do julgamento vem)


140 Puríssima é a tua palavra; por isso, o tua serva a estima

(sig apreço;afeição;consideração;avaliação;apreciação favorável;) ( Quando estimamos algo ou alguém procuramos estar com esse e bucamos sempre que possível, apreciar a Palavra é algo que nos livra de pecar, nunca se esqueçam disse!)


141 Pequeno sou e desprezado; contudo, não me esqueço dos teus preceitos



Salmo119 :
135 Faze resplandecer o rosto sobre a tua serva e ensina-me os teus decretos

( determinação escrita,de qualquer autoridade soberana;resolução;vontade deDeus)


136 Torrentes de água nascem dos meus olhos, porque os homens não guardam a tua lei (preceito que exprime a vontade de Deus, da divindade;).


137 Justo és, SENHOR, e retos, os teus juízos( acto ou capacidade intelectual de julgar;discernimento;).


138 Os teus testemunhos, tu os impuseste com retidão e com suma fidelidade.


139 O meu zelo me consome, porque os meus adversários se esquecem da tua palavra

(pessoas que lutam contra outro, aqui no caso contra o próprio Deus, pois se lutassem a favor não agiriam assim .Se, lembrassem não fariam tais coisas, pois saberiam que o dia do julgamento vem)


140 Puríssima é a tua palavra; por isso, o tua serva a estima 

(sig apreço;afeição;consideração;avaliação;apreciação favorável;) ( Quando estimamos algo ou alguém procuramos estar com esse e bucamos sempre que possível, apreciar a Palavra é algo que nos livra de pecar, nunca se esqueçam disse!)


141 Pequeno sou e desprezado; contudo, não me esqueço dos teus preceitos



142 A tua justiça é justiça eterna,e a tua lei é a prórpia verdade

(não é algo que alguns dizem o inferno é aqui, já estou colhendo tudo o que palntei, não senhores! haverá uma recompensa para toda as nossas atitudes aqui, também lá no céu, pois senão fosse assim porque teria dito a Palavra de Deus: De toda palavra frívola, darão conta à Deus).


143 Sobre mim vieram tribulação e angústia; todavia, os teus mandamentos são o meu prazer.(não me ater aos problemas, mas a Palavra e as promessas)


144 Eterna é a justiça dos teus testemunhos; dá-me a inteligência deles, e viverei.

(mais uma vez nos fala de eternidade, quantas vezes a Bíblia fala de eternidade??E quantas vezes você pensa nela.Pedir intelingência para saber viver aqui mas pensando na eternidade é algo fundamental!)


145 De todo o coração eu te invoco; ouve-me, SENHOR; observo os teus decretos.(Então dali buscarás ao Senhor Teu Deus é o ACHARÁS , quando o buscares de todo coração e de todo o seu entendimento)


146 Clamo a ti; salva-me, e guardarei os teus testemunhos.


147 Antecipo-me ao alvorecer do dia e clamo; na tua palavra, espero confiante(que prazerozo é a madrugada pra mim).

148 Os meus olhos antecipam-se às vigílias noturnas, para que eu medite nas tuas palavras.



Obs: Todo texto colocado entre parentese é um comentário da autora



Pra. Patrícia G. Calheirana 

ustiça eterna,e a tua lei é a prórpia verdade

(não é algo que alguns dizem o inferno é aqui, já estou colhendo tudo o que palntei, não senhores! haverá uma recompensa para toda as nossas atitudes aqui, também lá no céu, pois senão fosse assim porque teria dito a Palavra de Deus: De toda palavra frívola, darão conta à Deus).


143 Sobre mim vieram tribulação e angústia; todavia, os teus mandamentos são o meu prazer.(não me ater aos problemas, mas a Palavra e as promessas)


144 Eterna é a justiça dos teus testemunhos; dá-me a inteligência deles, e viverei.

(mais uma vez nos fala de eternidade, quantas vezes a Bíblia fala de eternidade??E quantas vezes você pensa nela.Pedir intelingência para saber viver aqui mas pensando na eternidade é algo fundamental!)


145 De todo o coração eu te invoco; ouve-me, SENHOR; observo os teus decretos.(Então dali buscarás ao Senhor Teu Deus é o ACHARÁS , quando o buscares de todo coração e de todo o seu entendimento)


146 Clamo a ti; salva-me, e guardarei os teus testemunhos.


147 Antecipo-me ao alvorecer do dia e clamo; na tua palavra, espero confiante(que prazerozo é a madrugada pra mim).

148 Os meus olhos antecipam-se às vigílias noturnas, para que eu medite nas tuas palavras.



Obs: Todo texto colocado entre parentese é um comentário da autora



Pra. Patrícia G. Calheirana


DISCIPULADO

DISCIPULADO "Passará o céu e a terra, porém as minhas palavras não passaram" (Mateus 24:35) Os dias que virão serão melh...