segunda-feira, 30 de junho de 2014

Não perca a sua herança

Não perca a sua herança

João começa assim: “ Acautelai-vos”. João encoraja cada um de nós a tomar cuidado,examinar e prestar atenção em nós mesmos.
 Ele empresta uma certa urgência ás suas palavras,pois o que está para comunicar não deve ser encarado de forma superficial,mas ponderado com profundidade.
Uma atenção cuidadosa deve ser dispensada para que não venhamos a perder as coisas pelas as quais nos esforçamos. Isso é um pouco preocupante, a possibilidade de perder aquilo que foi ganho com esforço.Imagine um fazendeiro trabalhando para limpar o seu campo.
Ele se empenha,em meio ao calor do dia, para tirar as pedras e pedaços de tronco que poderiam impedir o solo de produzir uma colheita
.Depois de limpo,ele ara e cultiva a terra,preparando-se para receber a semente.
Depois que o campo está semeado,ele se esforça para manter as condições ideais para que a sua plantação floresça: fertilizando,arrancando as ervas daninhas, e regando as suas sementes.
As plantas brotam e o seu trabalho continua enquanto ele protege o campo das pragas e de tudo o que possa arruiná-lo.
 Então,quando faltam algumas semanas para a colheita, ele fica cansado e desiste.
Todo o trabalho foi inútil,pois ele perde toda a sua produção por causa de sua negligência final. Ou talvez uma tempestade estivesse ameaçando chegar,ele viu os sinais,mas recusou a agir, e esse erro custou-lhe a colheita.Que perda de tempo,dinheiro,trabalho e recurso apenas para vacilar no momento da concretização.
E quanto ao homem de negócios que se dedica a construir sua empresa durante anos, apenas para perdê-la no final por causa de algumas decisões erradas ? Mais uma vez...é trágico.Em ambos os casos, os benefícios do trabalho intenso são perdidos em um instante por causa de escolhas erradas.
È por isso que as escrituras nos encorajam repetidas vezes a terminarmos bem:  Aquele que permanecer até o fim” ( Mateus 10:22,24:13,Marcos 13:13), e novamente, “Porque nos temos participantes de Cristo,se,de,fato,guardamos firmes,até o fim, a confiança que desde o princípio,tivemos”(Hebreus 3:14) e ainda “ “Ao vencedor ,que guardar até o fim as minhas obras” ( Ap 2:26) e a lista continua .O cristianismo não é uma corrida de velocidade,mas sim a forma como a concluímos.O modo como a terminamos pelas escolhas que fazemos,e estas em geral são formadas pelos padrões que desenvolvemos ao longo do caminho.



Texto retirado do livro A Recompensa da Honra de John Bevere

As recompensas esperam por nós

As recompensas esperam por nós


II João 8

Acautelai-vos ,pra não perderdes aquilo que temos realizado com esforço,mas para receberdes completo galardão

Honra ,embora seja uma virtude quase extinta no nosso século, ela ainda tem o poder de nos comover.

Nos filmes ,uma demonstração de honra pode nos levar á lágrimas,ao testemunharmos a coragem e o sacrifício.

Reveja os grandes sucessos de todos os tempos e você encontrará á honra entremeada em seus enredos.

Aplaudimos a sua virtude de formar indireta,mas onde está a honra em nossas vidas diárias ?A noção de que ela possa ser vivida em nosso dia-a-dia tornou-se um elemento estranho á nossa geração.

Quero ver a honra restaurada aos filhos e filhas de Deus.

Ela é a chave essencial para recebermos de Deus,e é exatamente por este motivo que o inimigo de nossas almas simplesmente eliminou o verdadeiro poder da honra. 

A honra traz consigo grandes recompensas que Deus quer você receba. A honra tem o poder de aprimorar grandemente a sua vida.

Você está prestes a embarcar em uma jornada que o levará para mais perto do coração de Deus,o autor de tudo que é digno de honra.
Oro para que essas verdades reveladoras afetem a sua vida de uma forma profunda e prática.

Muitos só aprenderam estas lições no final de suas vidas.Por este motivo,o apóstolo João escreveu este versículo acima citado.
João era um homem velho,com aproximada
mente um século de idade quando escreveu estas palavras.

Ele compartilhou o seu discernimento,adquirido a duras penas,para que hoje fossemos beneficiados.João tinha conquistado a vantagem que alcançam os homens e mulheres que vivem muito,e bem . 

É o destino ao qual se chega quando se percorre fielmente o caminho da vida a fim de cumprir sua vocação,um lugar de segurança e força,algo que chamo de unção de avô ou de avó;quando eles falam,os que são sábios ouvem .

Durante esses anos tive a oportunidade de desfrutar de alguns encontros com homens e mulheres desse tipo.São pessoas que gastaram bem seus dias de vida e entraram na fase em que podem olhar para trás com conhecimento.

Esses veteranos experientes desenvolvem alguns atributos comuns,três dos quais discutiremos aqui.

1º Eles localizaram instintivamente o cerne de uma questão,não ficaram debatendo ao redor de algo,nem perderam tempo com o que não é importante.

2º Eles disseram pouquíssimas palavras.

3º As palavras que escolheram foram precisas e de peso.

A comunicação “econômica” desses homens e mulheres, por assim dizer leva consigo maior peso do que as mesmas palavras ditas por outra pessoa que não andou tão bem,ou por tanto tempo pelos caminhos da vida.
Depois de um desses encontros memoráveis me deparei meditando durante meses em apenas uma  ou duas frases ditas por esses veteranos.
À luz deste raciocínio,podemos crer que o Apóstolo João estava dizendo muitas vezes de uma simples sentença.

Na verdade meditei nessas palavras inspiradas durante algum tempo,e a revelação contida nelas continua a se expandir ,então vamos este mês meditar em sua advertência em partes,uma frase de cada vez.


Texto retirado do Livro A Recompensa da Honra de John Bevere