quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Momentos que Decidem Nossa Vida

Havia um jovem rei chamado Roboão. Pouco depois de iniciar ,seus súditos lhe levaram um problema: "Teu pai fez pesado o nosso jugo;agora, pois, alivia tu a dura servidão de seu pai e o seu pesado jugo que nos impôs, e nós te serviremos ".
"O jovem rei instruiu o povo a voltar dentro de alguns dias para ouvir a sua decisão.Os conselheiros de seu pai lhe disseram: "Se você quer se tornar servo deste povo leve em consideração as necessidades deles,e aja com compaixão,resolva as coisas com eles, e eles por fim farão qualquer coisa por você (I Reis 12:7)"
"Foi um bom conselho e sábio,mas o jovem rei rejeitou o conselho deles e foi consultar seus colegas.Eles disseram: "Essas pessoas que reclamam "Seu pai fez pesado o nosso jugo,alivia-nos"- bem,diga isto a elas : "Meu dedo mínimo é mais grosso do que a cintura de meu pai.Se vocês achavam que a vida era dura sob o governo de meu pai,vocês ainda não viram a metade.Meu pai os castigou com açoites,eu baterei em vocês com correntes!"( vv 10 e 11)
"O jovem Roboão deu ouvidos aos conselhos de seus amigos, o que acarretou resultados trágicos.O reino que seu pai Salomão construiu foi destruído: dez das doze tribos de Israel se fragmentaram permanentemente enquanto cinco sextos do reino foram destroçados debaixo do seu punho de ferro.Uma escolha errada custou-lhe caro para o resto da sua vida ".
Vamos voltar atrás e pensar : Talvez o príncipe Roboão e seus amigos tenham rejeitado durante anos os conselho de seu pai Salomão ou de seus anciãos.Talvez eles tenham rido secretamente entre taças de vinho e meneado suas cabeças ás ocultas nas câmaras reais,zombando do que acreditavam ser conselhos tolos e fora de moda.Pensamentos vãos podem ter confundidos a cabeça de Roboão: Manterei a paz enquanto ainda for príncipe ,mas quando me tornar rei não darei ouvidos a esses velhos tolos.Como príncipe,suas decisões de ignorar e apreciar superficialmente a sabedoria de seus anciãos lhe custaram muito pouco.Ele não percebeu que os dados haviam sido lançados e que um dia ele não passaria de um tolo que pensava ser sábio.Quando chegou o momento que definiria sua vida,faltava-lhe o padrão necessário para realizar um julgamento de peso".
Todos temos momentos que decidem nossa vida.Eles são como provas com direito a consulta,porém sabemos que fomos examinados até que elas tenham terminado.Virá dias em que um momento que definirá sua vida chegará .Se já tiver desenvolvido o padrão de dar ouvidos a conselhos sábios,você naturalmente os seguirá e terá grande recompensa".
Outro exemplo são os filhos de Israel não haviam desenvolvido o padrão de dar ouvidos á Palavra de Deus.Eles haviam sido libertos da escravidão,mas continuavam reclamando e desobedecendo.As vezes este comportamento parecia ter como resultado um custo mínimo,e em outras ele não parecia afeta-los de forma alguma. Entretanto,durante o processo,um padrão estava sendo estabelecido.Finalmente, o momento que definiria a vida deles surgiu.Doze espias foram enviados a Canaã para dar uma olhada na terra que deus havia separado para ser deles. Os espias voltaram com um relatório negativo e desanimados,e toda a congregação os seguiu e começou a reclamar como antes,mas dessa vez isso lhes custou caro.Eles jamais entrariam na Terra prometida e teriam de vagar pelo deserto pelo resto de suas vidas.Em apenas um instante,perderam tudo o que haviam se esforçado para possuir.Não houve como reverter o prejuízo.Embora pudessem vê-la,jamais tomariam posse de Canaã,assim como Roboão perdeu as doze tribos pelo resto de sua vida e por muitas gerações.
Existe uma lição importante para jovens e velhos aqui: não devemos simplesmente obedecer á Deus; precisamos capturar o Seu coração.E então vislumbrar a sabedoria que se esconde atrás das Suas diretrizes, e não as veremos unicamente como leis.O jovem príncipe Roboão nunca capturou o coração de seu pai ou de seus anciãos.A geração mais velha dos israelitas nunca conseguiu ver o que Deus estava fazendo,ou a bondade do Seu coração para com eles, e perderam tudo.
Agora vamos dar uma olhada no outro lado da moeda.Há exemplos por toda a Bíblia em que indivíduos vislumbram o coração de Deus e desenvolveram modelos sábios para uma tomada de decisões.Quando aqueles momentos que decidem uma vida surgirem sem avisar,eles reagiram corretamente e receberam grandes recompensas.
A forma mais simples de não perder aquilo pelo qual nos esforçamos é desenvolver padrões e honrar de forma consistente o conselho de Deus. A cada dia oportunidades de fazer escolhas se apresentam diante de nós.Virá o dia em que olharemos para trás e saberemos quais delas de fato tiveram o poder de definir a nossa vida,mas se tivermos desenvolvido padrões baseados em Deus,continuaremos seguindo por esse caminho e, mais tarde,receberemos a nossa recompensa. 

Texto retirado do livro A Recompensa da Honra de John Bevere.