quarta-feira, 29 de abril de 2015

Atos Proféticos comandos de Deus

O ato proféticoé um comando de Deus e não uma invenção humana.Existem situações que identificam se realente sabemos ou não o que é um ato profético e qual a sua importânciaDevemos tomar muito cuidado ao afirmar que algo é do diabo sem qua antes se tenha doSenhor esta certeza pois, se procedermos assim, podemos estar dando ao diabo a honra quer ele não merece.
Tudo aquilo que fazemos neste plano físico tem um sinal que fala,em palavras ou atitudes,no mundo espiritual.A Bíblia expressa isso por meio dos atos proféticos.Eles sinalizam , o mundo espiritual,sobre algo que está por acontecer.Os atos proféticos são sinais que apontam para o Messias ou para o Seu reino.
Desde o Éden, Deus já apontava para o calvário.Você sabia que em Genesis 3,quando Adão e Eva se esconderam atrás das folhas de figueira,Deus estava apontando para a cruz ? A figueira representa Israel, que não consegue cobrir a sua nudez; e Deus dá para eles se cobrirem túnicas de peles de cordeiro, significando que um dia o Cordeiro de Deus vestiria todos os homens da Terra.Era um sinal profético de que um dia todo homem possuiria as vestes do Cordeiro sobre ele.Não era a figueira temporária,mas o Cordeiro permanentemente.
Deus também deixou diversos sinais na vida de Abraão (fé), refletidos na vida de Isaque ( Fidelidade), posteriormente refletidos na vida de jacó ( conquista). Fé, fidelidade e conquista são atributos necessários para uma genuína mudança de identidade.Jacó só mudou seu histórico de vida e se tornou u conquistador quando mudou de identidade,quando se tornou Israel.
Vemos em II Reis 221 a história do profeta Samuel que derramou sal sobre a cabeceira do rio,que transbordou.Em outra passagem,Elis lançou farinha na panela e Deus operou um grande milagre (II Reis 4) . O livro de Jeremias também fala de atos proféticos de diversas formas figueira ( Jr. 813),cinto (Jr 131-11) e um vaso quebrado diante dos sacerdotes (Jr 1911). Ele apontou para dias em que a calamidade viria sobre o povo,caso eles não se arrependessem ( Jr 19)
Finalmente,no Antigo Testamento,vemos a referencia a dízimos e ofertas como atos proféticos (Ml 3 10- 12 ). A história bíblica relata esta seqüencia, culminando com a Ceia do Senhor,que representa o maior ato profético,ou seja,a morte e ressureição de Cristo ( I Coríntios1123-28)
Do Éden ao Apocalípse há uma nítida sinalização para o reino do espírito os atos proféticos,que são mensagens claras enviadas para o mundo espiritual diariamente e tem efeito instantâneo,prolongado ou procesual.Cada um desses tem uma ligação com o passado,o presente e o futuro.Existem casos nos quais Deus limpa o nosso passado;outros em que o homem pede ao Senhor que trabalhe a seu favor para um futuro melhor.
São exercíos da fé,porque todos nós queremos que as coisas sejam instânteneas,mas nem tudo é respondidos no mesmo momento em que são realizados,mas a resposta imediata depende do objetivo a ser alcançado. Por exemplo,uma pessoa não pode orar pela ressureição ( Jo 1139)
Os atos proféticos podem ter um resultado imediato,mas as mensagens enviadas ao reino espiritual sofrem contr-ataques invisíveis espirituais.A oração de Daniel chegou imediatamente ao Trono de deus,mas o anjo encarregado de trazser a resposta demorou 21 dias ( Daniel 1012-13), impedido pelo príncipe da Pérsia ( um espírito malígno que reagia aquele país).Existem principados que podem segurar uma oração por 21 dias,21 meses,21 anos.Isso não depende da força do principado,e , sim,da posição,da atitude de quem faz a oração.Daniel não soltou o posto até a benção ser liberada.
Porém,muitas vezes,nós abrimos mão facilmente da vitória e queremos andar por caminhos próprios,para conseguirmos as coisas do nosso próprio jeito.Deus se move por princípios.Se você quizer andar em rota própria,vai colher resultados desse caminho que escolheu,mas,se quiser ver as coisas acontecendo na sua vida,você precisa e mover pelos princípios de Deus,que são imutáveis.